Expointer: a feira da exploração animal

Crédito: Expointer 2012.

Crédito: Expointer 2012.

Para quem não é do RS, saiba que a Expointer – Exposição Internacional de Animais, Máquinas, Implementos e Produtos Agropecuários – é uma das maiores feiras do ramo da agropecuária do país. É também a maior feira de exposição de animais da América Latina.

Além de pecuaristas, agricultores e peões de competição, ela atrai também o público em geral. Famílias inteiras vão a Esteio, região metropolitana, enfrentam enormes filas para passear pela feira, conhecer os animais de exposição e assistir à competição que é tão similar aos tão (com razão) criticados rodeios: o “tradicional” Freio de Ouro.

Mas, afinal, qual o problema em ir à Expointer? Grande parte dos frequentadores da feira, inocentemente, acha que está tendo mais contato com a natureza e com os animais, ou até valorizando os cuidados que os criadores têm por eles. Acontece que um animal não quer ser embelezado, fazer escova hidratante ou luzes. O que ele quer é ser livre! É viver sua própria vida.

Crédito: Jornal Zero Hora.

Crédito: Jornal Zero Hora.

Voltando ao público, o que a maioria não sabe ou não se dá conta é que os animais que ali estão, por mais bem tratados, limpos e bem alimentados que se apresentem, são apenas produtos de uma indústria milionária, que os explora do nascimento à morte (essa, por sinal, provocada justamente pela indústria). Tudo isso com o objetivo de lucro. O que você acha que acontece ao touro lindo e bem cuidado, campeão da exposição, quando ele “não serve mais”?

Crédito: Criador Pampa.

Crédito: Criador Pampa.

Também sabemos que os animais sofrem… sentem dor, frio, calor, desconforto, cansaço, etc. Ou alguém ainda duvida disso?

Mesmo que esse texto simplório não vá convencer alguém a parar de comer algum tipo de carne ou de apoiar essa indústria, que sirva como mais uma alternativa de informação para algumas pessoas sobre o que realmente acontece aos animais de produção e como eles são tratados como meros utensílios, suas vidas à disposição de nós humanos.

Indico também o texto da SVB 10 motivos para não ir à Expointer.

Anúncios