Páscoa MAIS criativa!

A Páscoa está aí, mais um ano se passou e a nossa preocupação com os coelhos permanece. Essa associação da data com o coelhinho leva muitos pais a comprarem um “exemplar” (exatamente assim, como se fosse um objeto), apenas para satisfazer vontades superficiais.

São elas:

1- Reforçar uma tradição religiosa;

2- Integrar-se a cultura (do consumo) que pede gastos com todo o tipo de coisa, inclusive animais.

3- Atender ao pedido de uma criança que está (inconscientemente) sendo bombardeada pela informação “coelho” e, como criança que pouco sabe da vida, quer aquele “objeto”, porque é bonitinho – como se fossem de pelúcia.

companha de pascoa animais respeito

 

A religião fala em renascimento, a maioria delas fala de amor ao próximo e amor à vida. Então: respeite-a como tal. Uma vida não pode ser tratada como mercadoria, muito menos como um brinquedo, que quando se cansa é só jogar fora (ou colocar na panela);

Integre-se a cultura se quiser, mas faça isso de modo criativo. Aproveite esse momento para ensinar o amor à vida para seus filhos, sobrinhos e demais crianças do seu convívio;

Se o seu filho/sobrinho/afilhado quer um coelhinho, dê um bichinho de pelúcia, ou siga as nossas dicas e faça uma páscoa diferente, animada, envolva-se e celebre a vida com muito bom humor!

 

Dicas:

1- Coelho de Páscoa? Só se for de mentirinha

2- Receita de pão em formato de coelhinho

 

Feliz Páscoa!

Anúncios