Proteção de animais: o acúmulo não é a solução!

tn_620_600_maria_cristina_gomes_220913

O acúmulo de animais, quando um(a) protetor(a) mantém mais animais do que suas condições possibilitariam, mais que um gesto de compaixão com cães e gatos abandonados, é um transtorno mental. Muitas vezes, essa situação incomoda toda uma comunidade e desafia o poder público. A maior parte das pessoas que sofre desse mal é invisível aos olhos das políticas de saúde dos municípios. O problema também afeta os animais, que acabam vivendo em espaços pequenos, com água e comida escassas.

A acumulação é classificada como um tipo de transtorno obsessivo compulsivo (TOC) no novo Manual de Diagnóstico e Estatística de Desordens Mentais (DSM-5), publicado em maio de 2013. A doença se caracteriza pela necessidade compulsiva de acumular não só animais, como objetos, sucata. O acumulador tem uma autocrítica muito alterada, não tem noção que pode ocasionar problemas à própria saúde e à do animal.

Muitas vezes o acumulador não tem condições de tratar os animais adequadamente e também não percebe o mal que lhes causa. Outra característica que o diferencia dos protetores de animais, por exemplo, é o apego excessivo, que impede as doações.

presenca-de-caes-gatos-racao-de-animais-gera-revolta

Acumuladores não são protetores, não se pode confundir. A proteção animal é organizada; nós, voluntários da ONG Animal Shelter acreditamos que o ciclo ideal de proteção aos animais está no Resgate → Tratamento → Acolhimento → Castração → Manutenção em Lar Temporário → Doação para um Lar Definitivo. Portanto, todos os nossos esforços estão focalizados nessas ações que consideramos serem as que realmente fazem diferença positiva e duradoura na vida dos animais.

Apoie nossos projetos e seja um sócio contribuinte auxiliando-nos com uma mensalidade a partir de R$20(vinte reais).

Saiba como contribuir com a nossa instituição através do nosso site: https://animalsheltersap.wordpress.com/ajude-nos-a-ajudar/

Pense nisso!

Fabian de Souza

(Texto originalmente publicado no site Animal Shelter, da Sinara Foss. Link: http://goo.gl/qxDhJt)

Anúncios